deus-e-poeta
Gostava de observar as milhares de pessoas no movimentado centro da cidade. Pessoas de todos os tipos. Homens bem arrumados e engravatados falando ao celular com seus negociantes, mulheres elegantes com suas bolsas de marca, senhores idosos se apoiando em suas bengalas, mães segurando nas mãos dos seus filhos para atravessar a rua pela faixa de pedestre ao se darem conta que o sinal estava vermelho, os casais de namorados de mãos dadas nos pontos de ônibus e mendigos deitados em bancos de praças. Pessoas comuns talvez, com históricos de perdas e ganhos. Alguns com semblante feliz, outros nem tanto. Pessoas tristes, alegres, mau humoradas, contentes, estressadas, cansadas. Eram apenas pessoas comuns e desconhecidas para mim, mas eu sabia, para pessoas comuns Deus reserva histórias extraordinárias.
Um coração valente    (via deus-e-poeta)
quoteografa
Sabe aquela sensação de solidão que te preenche mas que não faz com que você se sinta menos vazio? Tão complicado quanto estar rodeado de muitas pessoas e ainda sentir que aquele ali não é o seu lugar. Se sentir o alguém mais dramático do mundo, e até estar ciente das soluções de todos os seus problemas mas ainda assim não ser o suficiente. Lembrar que já sofreu por amor mas que a ausência dele ainda lhe causa uma dor maior, tanta contradição, tanta insatisfação que nem sei. Só queria sentir a esperança pulsar outra vez.
Clara Brandão.   (via quoteografa)